Offline de mim mesma | Mamãe Recomenda

15 de dezembro de 2011

Offline de mim mesma


E chegamos ao final de 2011. Todo final de ano é mesma coisa... retrospectiva é inevitável.

Esse ano, eu não tive muito a dizer, tentei prestar mais atenção ao que a vida me proporcionou, frutos das minhas escolhas. No começo foi duro, quase como uma desintoxicação, depois virou culpa, um misto de vergonha e medo, reconheci que não tinha jeito... muitas coisas não tem como mudar...


Tirei o ano para viver a real, o cotidiano de mãe de quatro filhos, casa, comida, roupa lavada e passada. Um porre! Só consegui chegar a uma conclusão: sou péssima dona de casa!

Quem acha que essa labuta é pra qualquer um, se engana! Eita trabalho dificil! Não tem chefe, mas a cobrança é geral! Não tem horário, só começa cedo e nunca acaba! Não tem remuneração, inclusive é bem desvalorizado, pois, nos dias de hoje é quase sinônimo de desocupada! E incomoda, viu?!

 Em junho desse ano, participei de uma matéria da Veja sobre educação dos filhos. A foto da família toda ficou linda, mas quando vi na descrição, "A dona de casa Márcia Pinho..." gelei... o Brasil inteiro sabe que sou dona de casa, foi duro!! Mas, afinal, se eu tinha decidido ser uma, porque me incomodou tanto? Dormir cedo, acordar cedo, lavar, passar, cozinhar, catar milhões de brinquedos pelo chão, botar o lixo para fora no dia certo, enfim... ser uma especialista em "Domestic Economy and Administration",  apesar dos meus esforços, não obtive resultados satisfatórios! Até conheço gente que se satisfaz com isso tudo e as admiro, mas eu não sou uma delas!

"(...) o que alguém é para si mesmo, o que o acompanha na solidão e ninguém lhe pode dar ou retirar, é manisfestadamente para ele mais essencial do que tudo o quanto puder possuir ou ser aos olhos dos outros (...) - Schopenhauer - "Arte de ser feliz")

Ficar offline também incluía  perceber mais as pessoas que me rodeiam... tentar estar mais disponível para elas... até quando elas não estavam disponíveis para mim!

No balanço geral de 2011, fico feliz que ele tenha acabado, não foi bom, nem ruim... foi chato!

Em 2012, não vou fazer lista de resoluções... só vou rezar... e muito!

"Senhor, dê-me serenidade para aceitar as coisas que não posso mudar,
a coragem para mudar as coisas que não posso aceitar
e a sabedoria para esconder os corpos daquelas pessoas que eu tive que matar por estarem me enchendo o saco.

Também, me ajude a ser cuidadoso com os calos em que piso hoje, pois

eles podem estar conectados aos sacos que terei que puxar amanhã.

Ajude-me, sempre, a dar 100% no meu trabalho...

- 12% na segunda-feira,
- 23% na terça-feira,
- 40% na quarta-feira,
- 20% na quinta-feira,
- 5% na sexta-feira.

E... Ajude-me sempre a lembrar,

quando estiver tendo um dia realmente ruim e todos parecerem estar me enchendo o saco,
que são necessários 42 músculos para socar alguém e apenas 4 para estender meu dedo médio e mandá-lo para aquele lugar...

Que assim seja!!!


Viva todos os dias de sua vida como se fosse o último.

Um dia, você acerta.

 
(Luís Fernando Veríssimo)


E desejo o mesmo para você: Um 2012 cheio de realizações e felicidade!

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Um blog não é nada sem o seu comentário! Participe!

Você sabe o que rola por ai? O Ocioso sabe...

Siga também!

Licença Creative CommonsProtected by Copyscape Online Plagiarism Finder Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

Link Building - Free Innovative Link Exchange, Link Trading and Link Building
Do not just trade meaningless links, trade them to build your site. Use the Link And Build Innovative Link Technology to Build and Optimize Your Websites. Fast, Easy and Very Effective.

Uptime for Mamae Recomenda: Last 30 days
Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Powered by Blogger