E o amor ainda vive... | Mamãe Recomenda

12 de junho de 2011

E o amor ainda vive...

"Porque eu fazia do amor um cálculo matemático errado: pensava que, somando as compreensões, eu amava. Não sabia que, somando as incompreensões é que se ama verdadeiramente. Porque eu, só por ter tido carinho, pensei que amar é fácil." (Clarice Lispector)
Gustav Klimt
E minha querida Clarice sofria por amor.... e hoje, quem não sofre? Estamos estúpidos buscando uma perfeição insana dos outros e de si mesmos. Aliando o prazer e a satisfação com as necessidades mais fúteis e descartáveis. Difícil  entender o outro, quando não entendemos a si mesmos. E todos têm exigências, poucos paciência.

 "Quem um dia irá dizer que não existe razão para as coisas feitas pelo coração... e quem irá dizer que não existe razão?" (Legião Urbana)

E até a alma mais atormentada do mundo só quer se amada. Porque ser amado significa que alguém se importa, que alguém se lembra, que alguém aceita, que alguém cede. Mas, e quem quer amar? Ter que lembrar, ter que aceitar, ter que se importar, ter que ceder? Muito difícil esse negócio de amar... 
Gustav Klimt
"E há de comemorar o amor... não só hoje, mas todos os dias em que ele existir... E quando ele estiver moribundo, cuide dele até o último suspiro... Não o deixe no limbo, vagando feito alma penada. Amor mal resolvido assombra. Falecido, ore por ele. Enterre ou queime. Prepare o berço do coração para o novo amor que nascerá... e há de comemorar o amor... não só hoje, mas todos os dias que ele existir..."

Essa semana assisti ao vídeo da música "Eduardo e Mônica" feito pela Vivo para comemorar o dia dos namorados. E confesso ter ficado melancólica, um pouco porque descobri que o tempo passou depressa demais... 25 anos! Outra parte porque hoje em dia, já não se fazem nem romances nem músicas como antigamente!




"Quando fazemos tudo para que nos amem e não conseguimos, resta-nos um último recurso: não fazer mais nada. Por isso, digo, quando não obtivermos o amor, o afeto ou a ternura que havíamos solicitado, melhor será desistirmos e procurar mais adiante os sentimentos que nos negaram. Não fazer esforços inúteis, pois o amor nasce, ou não, espontaneamente, mas nunca por força de imposição. Às vezes, é inútil esforçar-se demais, nada se consegue; outras vezes, nada damos e o amor se rende aos nossos pés. Os sentimentos são sempre uma surpresa. Nunca foram uma caridade mendigada, uma compaixão ou um favor concedido. Quase sempre amamos a quem nos ama mal, e desprezamos quem melhor nos quer. Assim, repito, quando tivermos feito tudo para conseguir um amor, e falhado, resta-nos um só caminho...o de mais nada fazer." (Clarice Lispector)

Comemore o amor por si mesmo, pelo outro e por tudo mais que existir. O amor que está dentro de cada um de nós pode mudar o mundo: o seu mundo, o de alguém, o nosso!

3 comentários:

  1. Vim aqui através do Blog UM ANO SEM ZARA....
    Adorei a ideia que voce deu de baixar os livros do YUNG em PDF...To precisando ler algo que me anime e motive...

    ResponderExcluir
  2. Oi minha amiga mais do que querida!
    Que maravilhoso!! Engraçado que eu estava escrevendo um texto para o dia dos namorados e depois desisti porque achei que iria quebrar o "encanto" daqueles que ainda celebram a troca (de presentes...hahahahaha)...
    Na verdade, o que eu penso (como você) é que não se pode amar sem antes amar a si mesmo! Condição fundamental para a busca desse "amor" sonhado e idolatrado! Agora, o amor realmente não é fácil! Amor verdadeiro é exigente! É preciso doação, compreensão, companheirismo, concessão, recuo, diálogo e até o silêncio... Tudo isso envolvido com respeito! E quando pensamos em respeito, voltamos ao princípio do amor: a si mesmo! Parece algo egoístico, não é? "Si mesmo"... mas quando nos olhamos de verdade enxergamos a pessoa que estamos mostrando ao outro... Às vezes vemos que não mostramos nada bom...reclamamos, nos queixamos, resmungamos... Ficamos velhas emocionalmente e esquecemos do vigor rejuvenescedor do amor!
    Amor exige renúncias e entrega...quem está disposto? Nós que já trilhamos há muito tempo nessa estrada sabemos o que significa e é por isso que quando vejo casais trocando presentes, pergunto se estão entregando junto, também, o essencial para que os outros dias também sejam celebrados...
    Enfim, amiga... vou parar por aqui porque senão faço um post no seu! hahahahaha
    Grande beijo, saudades, saudades, saudades...
    Jackie

    ResponderExcluir
  3. Ahhh... esqueci...
    Quando você tiver tempo, por favor, mude o meu banner...rsrs...esse que está aqui é o meu, mas com o link pro blog da nossa queridíssima Luciana Vaz...hahahahahaha
    Beijos, amiga!!!
    Jackie

    ResponderExcluir

Um blog não é nada sem o seu comentário! Participe!

Você sabe o que rola por ai? O Ocioso sabe...

Siga também!

Licença Creative CommonsProtected by Copyscape Online Plagiarism Finder Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

Link Building - Free Innovative Link Exchange, Link Trading and Link Building
Do not just trade meaningless links, trade them to build your site. Use the Link And Build Innovative Link Technology to Build and Optimize Your Websites. Fast, Easy and Very Effective.

Uptime for Mamae Recomenda: Last 30 days
Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Powered by Blogger