Envelhecer não é um castigo. | Mamãe Recomenda

7 de junho de 2010

Envelhecer não é um castigo.

Ontem eu revi "O curioso caso de Benjamim Button". Na primeira vez que assisti esse filme eu chorei muito. Na segunda também. Mas, eu também já chorei assistindo um monte de outros filmes. Sou muito emotiva mesmo. Piscianos são assim.  Só que esse filme tem uma pegada forte na consciência. O breve tempo de viver e como vivê-lo. 
Não há quem não tema o avanço do tempo. Nosso corpo é um relógio. Ele marca a passagem do tempo em todas as partes, principalmente na pele. Mas, dentro de nós esse tempo é diferente. Não  tem a mesma velocidade, mas nesse mesmo tempo, deixamos de lado tantas coisas, pessoas e oportunidades porque o correr desse tempo assim nos obriga.
Em uma entrevista a uma revista, o diretor Daniel Filho afirma que não se arrepende de suas mancadas na vida, porque elas também moldaram a pessoa, que ele é hoje. Nesse tempo que corre, não temos muito tempo para pensar no que passou, principalmente se fomos felizes. Geralmente, são as mancadas que nos ensinam a viver. Mas, quem já nasce sem muita expectativa, vive a vida de maneira mais intensa, e ensina muito mais aqueles que cruzam o seu caminho do que realmente aprende ou entende sua situação. Porque quem não tem muito tempo, não perde um minuto.
O medo de envelhecer, de ver nosso tempo correr e chegar ao fim não é suficiente para que saibamos valorizar cada instante.
Para quem não conhece a história do filme, Benjamin Button nasce com aparência e saúde de alguém com 80 anos. Abandonado pelo pai, depois que a mãe morre no parto, é deixado num asilo e criado pela mesma mulher, que cuida de todos na casa. Acostumado à incostância da vida,  ele que todos achavam não ter muito tempo, passa sua infância vivendo sua velhice. E a cada ano torna-se mais jovem fisicamente. 
O amor, que ele conheceu na infância, mas não pôde vivê-lo já que todos
achavam, que ele tinha a idade que aparentava, é a verdadeira razão de sua vida. E emociona quem assiste essa história íncrivel. São 3 horas de sensibilidade, de amor e descobertas dos seus próprios sentimentos. É um tempo dedicado à reflexão do que fazemos e esperamos do tempo que nos resta. É a descoberta, que envelhecer não é um castigo, mas deixar a vida passar em vão é o maior erro que podemos cometer.
Pelo conjunto da obra, que para ser mais perfeita, ainda inclui Brad Pitt, eu recomendo esse filme. Nota: Brucutus, impacientes e insensíveis podem se incomodar. Ignore-os!

8 comentários:

  1. Oi Márcia!
    Adorei a sua dica e a reflexão sobre o tempo. Não assisti ainda (pasme) esse filme, mas depois dessa sua publicação vou correndo pegar o filme!
    Sempre nos pegamos na questão: "se eu tivesse a experiência e visão de hoje quando eu tinha meus 20 anos...". Mas, acredito que tudo na vida tem o seu período de maturação e crescimento. São as mancadas que nos fortalecem e nos aprumam no rumo que tomamos. Se pudéssemos viver ao contrário, certamente perderíamos a chance de ter nos erros um aprendizado maior, afinal é através deles que adquirimos mais conhecimento e discernimento dos nossos padrões. Nossos próprios padrões! O nosso arquivo é composto das experiências. Há quem já nasce velho....de alma, de pensamento, de energia...mas não o velho de sabedoria, mas sim da rabugice de encarar a vida como um fardo e não como uma dádiva!
    Grande beijo,
    Jackie

    ResponderExcluir
  2. Pô Ma! Nem me fala uma coisa dessas!!
    Agora estou mais depressivo pela idade... HAHAHHA
    Pela lógica se eu já tivesse nascido velho e estivesse ficando novo ou nasci como sou e estou ficando velho... De qualquer forma eu agora estou na METADE DA VIDA! HAHAHAHAHAHAHHAHAA

    Nao tem mais jeito! Já era... Tsc Tsc Tsc! Vou curtir o resto que me falta com meu filhote... hehehee

    Vou ver se assisto esse filme hoje!! Estou com ele aqui em casa tem 1 ano já e nunca assisti...
    Mas hoje vou me animar para parar por 3 horas... :o)

    Beijaooooo!

    ResponderExcluir
  3. a cena marcante foi a parte final. Do relogio e ele fechando os olhos bbzinho no colo da amada dele.

    incrivel.

    ResponderExcluir
  4. Adorei o post e o Blog também. Parabéns pela sensibilidade e estou seguindo seu Blog.
    Beijos,
    Mari
    http://marimartinsatemporal.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Mari, muito obrigada! Obrigada por seu comentário, obrigada por seguir o blog. Afinal, um blog não é nada sem leitores! Bjo grande!

    ResponderExcluir
  6. Hello everyone, it's my first visit at this web site, and post is in fact fruitful in support of me, keep up posting such articles.
    Also visit my page : how to download movies

    ResponderExcluir
  7. Үour means of eхplaining the whole thing in thiѕ parаgгаph is gеnuinely plеasаnt, every one be
    cаpablе of еffοrtlessly underѕtand іt, Thanks
    a lot.

    Also vіsit my site :: creare un sito creare sito fare un sito

    ResponderExcluir
  8. Pretty portion of contеnt. I simply stumbled upon your website and іn aсcessіon capіtal to аssert that
    I acquire aсtuаlly loѵed account your blog posts.
    Anуway I'll be subscribing in your augment or even I fulfillment you get entry to consistently rapidly.

    Feel free to visit my homepage - Creare Un Sito Come Creare Un Sito creare un sito web

    ResponderExcluir

Um blog não é nada sem o seu comentário! Participe!

Você sabe o que rola por ai? O Ocioso sabe...

Siga também!

Licença Creative CommonsProtected by Copyscape Online Plagiarism Finder Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

Link Building - Free Innovative Link Exchange, Link Trading and Link Building
Do not just trade meaningless links, trade them to build your site. Use the Link And Build Innovative Link Technology to Build and Optimize Your Websites. Fast, Easy and Very Effective.

Uptime for Mamae Recomenda: Last 30 days
Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Powered by Blogger